Imaginário Poético - A Arte como ponto de encontro.
 
line decor
 
line decor
 

Imaginário Poético

No filme "O Carteiro e o Poeta" uma personagem se utiliza da poesia de outra pessoa para seduzir a sua mulher amada. O dono da poesia reclama com ele, ao que este responde mais ou menos assim: "- A poesia pertence a quem dela se utiliza."

Não estou falando de direitos autorais e suas implicações, mas sim do imaginário poético. A beleza é patrimônio de todos, e pertence ao inconsciente coletivo, assim ela deve ser divulgada e utilizada por todos. (Claro que sempre é de bom tom indicar a autoria!)

A arte tem o poder de nos traduzir sem as amarras sociais. Nos permite a manifestação de aspectos inconscientes, profundos, não só de beleza, mas de dores da existência também.

A proposta aqui é a de falarmos, discutirmos e fazermos arte, sempre na busca de nossa construção aprimorada enquanto seres humanos. É vasculhar o universo artístico nesta busca de identificarmos o que chamamos arte e nos identifica enquanto sujeitos. Cabe ainda a questão de forma mais abrangente: Que cultura é esta nossa e o que ela está expressando na arte para se alimentar? "O que gostamos tem a ver com o que somos."

E você, tem fome de que? Contribua divulgando o seu cardápio artístico, deixe sua anima fazer arte!
Será um prazer ter sua contribuição, seu mundo aqui...
Se você gosta de escrever mande sua colaboração para nós. Divida seu universo, deixe-nos ver como você fez para mostrá-lo na poesia.

 

Conteúdos de transformação desta página:

-Depois de um tempo você percebe...
- Texto de Sheakespeare. Uma lição a ser aprendida. Pena que levatanto tempo....

-Provérbios e Cantares
- Caminhante são teus rastros o caminho... Existimos na medida que caminhamos...

- Aos Ohos Dele
- Às vezes reconhecemos o divino nos outros. O amor nos leva a sensações de contemplação e completude intensas. Através dos olhos dele, vê se Deus.

-Ele virá
- Adélia Prado nos fala neste poema, que é inevitável que algo se apresente para nós. E como estaremos para recebê-lo? Como aceitar o inevitável?

-Por não estarem distraídos
- Há um conceito na Psicologia Analítica chamado sincronicidade, que alguns místicos tratam como se fosse "conspiração do universo". Pois bem, seja como for, isto só acontece qando estamos plenos, entregues ao fluir existencial...

-Casamento
- Devir, o enfoque deste site, fala de mudanças. Mudanças que constroem. Este é um poema da poetiza Adélia Prado que fala de cronstruções no casamento.

- MUDE  
- Sendo esta um website que fala em vida que versa sobre movimento, mudança, ousadia... Edson Marques nos fala sobre a mudança em seu poema.

- Cartas de Amor
- Contribuindo com a página sobre relacionamentos afetivos, acho que vale lembrar Fernando Pessoa, através de Álvaro de Campos. Afinal, só os ridículos...

- Livro do Desassossego

Poesia de Fernando Pessoa que reforça esta idéia existencialista de que somos uma construção de nós mesmos.

- Bienal
O que chamamos de arte? O que é expresso na obra? Do que fala o artista? O que temos que entender em uma obra de arte? Que viagem pelas profundezas dos artistas e pelas diversas culturas se pode fazer na Bienal!
Ensaio provocante para quem costuma dizer: "Eu não entendo de arte..."